terça-feira, 11 de maio de 2010

Essa minha mania

É que eu tenho essa mania de correr do tempo. Fugir das buzinas da cidade e das altas velocidades que me lembram que a vida passa. Corro dos movimentos e dos espelhos. Quero a vargem grande, a quase paralisada bicicletinha da esquina, o burro de carga que anda pronto só pra um descanso. Escolho a parte que respira, a que não se sente passada pra trás, porque só caminha. De costas pra tv, faço o favor de mentir pra mim mesma; assim não me sufoco. Ao passo que finjo que nada acontece lá fora, tudo pode acontecer aqui dentro. Então desenvolvo no silêncio e no escuro, onde a referência é só palavra.


-

5 comentários:

Xandy Britto disse...

Lindo demais, menina.

polegarzinha disse...

MUITO vc, minha pata.. perfeito. podia se chamar REFLEXO. rs... é vc. a simplicidade e a calmaria. como eu amo.

Ma'S disse...

Perfeito juh... perfeito. Eu posso dizer que eu sou inteiramente assim. É necessário pra mim sair dessa pressa que a vida tem em passar rápido demais... quando se vê, ja foi.
Beijos e paz.
Marcella

Cal disse...

Juliana, boa tarde. Trabalho no Teatro Escola Macunaima e precisava de um contato seu para envio de um convite referente a uma Homenagem encaminhada a ti.

Abraços, atenciosamente,

Cal Titanero
caltitanero@loucosdotaro.com.br

Le Savoldi disse...

Linda!!! Esse texto foi pra Revista Savoldi desse mês de Maio ;)

Beijos mil*